domingo, 17 de julho de 2011

Arcano




Existe um enorme abismo entre a Sabedoria e o Conhecimento. O Saber e o conhecer são duas coisas diferentes e distintas. Muitas vezes confundimos uma com a outra. Exemplo: O pai fala ao filho: - "Filho, não coloque o dedo na tomada!" Sai da boca do pai como Sabedoria, e entra no ouvido da criança como conhecimento.
Sabedoria vem da palavra "saborear" que quer dizer (experiência adquirida). Enquanto isso a criança fica pensando em um lapso de tempo(...)E coloca o dedo na tomada. Agora ela sabe!
O objetivo deste livro é ajudar no despertamento da consciência para as sutilezas espirituais, tão perigosas, porém sempre atuantes e desapercebidas, no entanto funestas para aqueles que não se aperceberam da sua importância na formação do Caráter equilibrado e pleno. Um Caráter que saboreou Deus. Muitos conhecem, mas não Sabem!
Arcano é uma palavra de origem latina (latim), que quer dizer: "Segredo" Esse livro é um manual de estudo, focado no auto-aperfeiçoamento. Que se propoem leva-lo ao auto-conhecimento e consequentemente ao auto-domínio.
Tarefa deveras difícil, somente comparada as doze tarefas de Hércules. felizmente para tal, contamos com Urhim e Thumim para chegarmos ao Centro da Vontade de Deus, impulsionsdos pelo Espirito Santo, para a formação de Caráter de Cristo em nós.
Esses três caminhos se fundem, o caminho do aperfeiçoamento, o caminho Real e o caminho Sacerdotal, em um único e excelente caminho: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida!" Jo 14:6



quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Curso Edificando sobre A Rocha



Curso Edificando sobre A ROCHA

            O texto bíblico tema do curso está no Evangelho segundo Mateus, capítulo sete. a partir do versículo vinte e quatro: "Todo aquele, pois, que ouve estas palavras e as pratica, será comparado a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína." Mateus 7:24-27
Aqui o Senhor Jesus novamente divide os membros da Igreja em dois grupos. Este pensamento se repete muitas vezes na Bíblia: trigo e joio virgens prudentes e insensatas, enfim. Agora vemos aqui um homem prudente e outro homem insensato. Ambos reunidos na mesma Igreja. O homem prudente edifica a sua casa sobre a rocha e quando vêm a tempestade, as turbulências e as enchentes, a casa permanece firme. O homem insensato edifica sua casa sobre a areia e quando os ventos sopram, a tempestade vem e a noite escura chega, a casa cai em pedaços porque foi construída sobre a areia.
O que é que o Senhor Jesus está querendo dizer? Para entender isto precisamos ler o verso 24, que diz assim: "Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras..." Mateus 7:24
A quais palavras o Senhor Jesus está se referindo? a partir do versículo 21, para entender este assunto: "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi explicitamente: Nunca vos conheci. “Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade." Mateus 7:21-23. O verso seguinte diz: "Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica, será comparado a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
Percebeu? O Senhor Jesus nos apresenta o dia da Sua volta, quando a sentença de salvação ou perdição é dada. Há um grupo de homens e mulheres que está se perdendo e Jesus lhes disse: "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus." Mateus 7:21
Evidentemente, este grupo não fez a vontade do Pai. Mas eles reclamam e não aceitam o veredicto divino. Eles dizem: "Um momento, Senhor! Um momento! Como é que não fizemos a vontade do Pai, se nós fizemos milagres, expulsamos demônios e profetizamos?"
O que Jesus está tentando nos dizer é que fazer a vontade do Pai não é somente portar-se bem ou mal, como não matar, não roubar, não fumar, não usar drogas, não fazer isso ou aquilo. Fazer a vontade do Pai não é somente expulsar demônios, fazer milagres ou profetizar. Se apenas isso fosse fazer a vontade do Pai, essas pessoas estariam salvas. Mas elas estão se perdendo.
Então, o que é fazer a vontade do Pai? Fazer a vontade do Pai, é fazer tudo aquilo, só que não pelas próprias forças, mas pela dependência permanente de Cristo. Você acha que Jesus quer que você se porte bem e nada mais? Você está completamente enganado. Jesus quer que você se porte bem, sim, mas pelo único método que Ele tem e que é a comunhão, a dependência e o relacionamento com a fonte do poder que é Cristo. Se você se portar bem somente por suas próprias forças, por seu domínio próprio ou por seu moralismo, você NÃO ESTÁ fazendo a vontade do Pai. Mas se você se portar bem porque vive uma vida de comunhão permanente com o Pai, então sim, você ESTÁ fazendo a vontade do Pai. Por isso, todo aquele que edifica a sua vida espiritual no domínio próprio, na força de vontade, no esforço humano, no moralismo, nos regulamentos, na disciplina ou autodisciplina, todo aquele que fundamenta o prédio da sua vida espiritual nessas coisas, está construindo sobre a areia. Quando vier o vento, a casa vai ruir. Mas aquele que edifica sua experiência espiritual na dependência permanente de Cristo, está edificando na rocha que é Jesus. E se vierem provações ou dificuldades, a fé não vai esmorecer, porque você construiu na rocha que é Cristo.
Porque estávamos edificando nossa casa na areia do esforço próprio, do moralismo, do auto-controle.
É por isso que sua fé não pode estar edificada em cima de recursos humanos. Não pode estar somente edificada na Igreja, na doutrina, na música, nos irmãos ou no pastor. Sua fé tem que estar fundamentada em Cristo, unicamente em Cristo. Todas as demais coisas só têm sentido quando o centro de tudo é Cristo.
É por isso que Paulo escreve em Efésios 6:10. Ele diz: "...sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder... porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e, sim, contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes."
É isso que nós precisamos entender. Não nos salvaremos porque fomos bons membros de Igreja, nem sequer porque fomos bons pais, ou bons esposos. Não será porque cumprimos todos os mandamentos de Deus que vamos nos salvar. Não! Tudo isso é areia. O ser humano não pode depositar a confiança da sua salvação na areia. Tem que colocar seus olhos em Cristo e edificar sua fé na rocha que é Jesus.

Curso
O curso se divide em 50 lições, do Antigo e Novo Testamento, com respectivos questionários para cada lição. (50 Questionários)

Objetivo
Oferecer aos irmãos a oportunidade de se aperfeiçoar na Palavra do Senhor para a verdadeira edificação na Rocha que é Jesus. Qualificando-os a enfrentar vida com base nas Escrituras Sagradas. Escondi a Tua Palavra no meu coração, para não pecar contra Ti” e “Lâmpada para os meus pés é a tua Palavra, e luz para o meu caminho. Sl 119:11-105

. Curso voltado a aplicação Bíblica da Palavra de Deus. Aberto aos membros da Igreja e de outras denominações.


Duração
A duração do curso será de duas horas cada aula, uma vez por semana a escolher o dia e horário mais adequado. (Ex.: Sábado, as 15:00 h).

Local
Nas dependências da Igreja.

Inscrição
Fornecendo seu nome endereço e telefone. Falar com Erlon

Lições
1.   Introdução Bíblica a  50.   Jesus ressuscitou dos mortos.

Recursos
Recursos Visuais para a ajuda na fixação das matérias e questionários, mapas, gráficos  filmes relacionados aos temas.

Conclusão
Ao término do curso, cada aluno que conseguir chegar à média de aulas e notas dos questionários receberá um Certificado de conclusão do curso Edificando sobre A ROCHA. Em uma solenidade especial de ação de graças para os concludentes.

Ministrante
O ministrante do curso Edificando sobre A ROCHA é o irmão Erlon, qualificado com um ano de Bacharelado em Teologia com especialização pastoral.

Contato
Erlon 61 8426-8025 erlondesigner@gmail.com, overlon@hotmail.com Caixa Postal 3771 CEP: 70089-970 Brasília – DF.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

O Jejum de Daniel


Resolveu Daniel firmemente não se contaminar com as finas iguarias do rei... “Experimenta, peço-te... Que se nos dêem legumes a comer e água a beber “ (Dn 1:8 a 12)




Alimentos que podem ser ingeridos


Nos 21 dias do jejum de Daniel, quem estiver fazendo deverá abster-se de qualquer hábito que produz prazer carnal. Ex: assistir televisão, novelas, filmes, futebol, etc. Porém cada pessoa deverá tomar suas próprias decisões. Lembrando que o período do JEJUM DE DANIEL é a morte do homem natural (carnal) e a ressurreição do homem espiritual (I Co 2:14-15).

Obs: o jejum de Daniel poderá ser feito por qualquer pessoa em qualquer parte do mundo, sendo necessário apenas observar o que Daniel disse: "Naqueles dias eu, Daniel, estava pranteando por três semanas inteiras. Nenhuma coisa desejável comi. Nem carne nem vinho entraram na minha boca" (Dn 10:2-3).

E, disse mais Daniel: "... que se nos dêem legumes a comer e água a beber" (Dn. 1:12). Portanto de acordo com os costumes de sua região tire aquilo que é des

ejável à carne, por exemplo, e passe a comer legumes, verduras e a beber água, ore, leia a Bíblia, esteja em total sincronia com Deus, nisto consiste os 21 dias de jejum de Daniel

Obs:

- Tomar água e sucos naturais em abundancia

- A alimentação deve ser com fartura (ninguém precisa passar fome).

- Alimentar-se durante todo dia sem r

estrições de horários.

- Crianças, adolescentes, idosos, gestantes e pessoas que estão sob tratamento médico não precisam fazer o jejum.

- Ninguém é obrigado a fazer o jejum de Daniel, esta é uma decisão pessoal.

"Campanha "Daniel" de Jejum e Oração “Naqueles dias eu, Daniel, estava pranteando por três semanas inteiras. Nenhuma coisa desejável comi, nem carne nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com ungüento, até que se cumpriram as três semanas completas.” (Dn10, 2-3)A passagem acima descrita, tirada do livro de Daniel, é o exemplo clássico de um “jejum parcial”, realizado em meio às atividades do dia-a-dia, com o propósito de alcançar de Deus a revelação de sua vontade. Chamamos “jejum parcial” porque consiste na aplicação de uma dieta limitada, ao invés da abstinência absoluta de alimentos. Está claro que existe um valor muito grande neste tipo de jejum. Lendo os versículos seguintes deste capítulo de Daniel, verificamos que o culminar deste jejum foi uma tremenda visitação do anjo do Senhor com uma revelação indispensável a respeito das batalhas que se travam nas regiões celestes (versículos 13-22).
Além disso, o próprio Senhor, em sua visita a Daniel, assegura com palavras encorajadoras a eficácia de seu jejum e penitência: “Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste teu espírito a compreender, e em que te humilhaste diante de teu Deus, tua oração foi ouvida, e é por isso que Eu vim.” (v. 12). Aleluia! Quando nós somos movidos pela promessa de Deus e numa atitude que o agrada, começamos a transformar esta promessa em realidade no jejum e na oração; no momento em que nosso coração se humilha e busca a face do Senhor, nossas palavras são ouvidas no céu. Daniel dedicou três semanas completas (vinte e um dias) ao jejum e à oração. O tempo dedicado ao jejum é reservado para buscar o Senhor, mesmo em meio às atividades cotidianas.

Somos convocados a intensificar nossa comunhão com o Senhor. Segundo o desejo de Jesus, devemos fazer isto sem ostentação, mas com discrição e buscando agradar somente ao Pai. Outro fator importante em um tempo de jejum é o propósito que nos move a fazê-lo.
Um jejum sem propósito definido é como vagar num túnel escuro, sem se saber de onde vem ou para onde vai.
Olhando as Sagradas Escrituras, encontraremos muitas razões que levaram as pessoas ao jejum. Se vamos jejuar,
teremos que ter objetivos firmes e claros pelos quais lutar:
estar com Deus; receber sua Palavra; interceder; enfrentar satanás e suas tentações.
Como faremos nosso Jejum?
Por três semanas (vinte e um dias), a contar data escolhida livremente, somos convocados a um jejum parcial.

Será um tempo de maior oração e dedicação ao Senhor.
Durante este tempo, evitaremos alimentos pelos quais buscamos mais saciar nosso gosto do que as necessidades reais do nosso organismo (doces, refrigerante, excesso de frituras ou outros alimentos que constituam hábitos alimentares aos quais estejam apegados).

Aos que tiverem condições, escolher entre duas opções: ou iniciar a alimentação diária só a partir das 12h, ou simplesmente cortar uma das refeições do dia.
Cuidado somente para não “descontar” na próxima refeição para compensar o que foi omitido.




Roteiro para a oração pessoal nos dias de jejum:


1°dia:__/__-Ore o sal. 15 e tome posse da herança que o Senhor reservou para você.
2°dia: __/__-Ore o sal. 19 e levante bandeiras de vitória na sua vida, em nome do Senhor.
3°dia: __/__-Ore o sal. 23 e deixe entrar o Rei da Glória na sua vida e na sua casa.
4°dia: __/__-Ore o sal. 33 e prove como o nosso Deus é bom.
5°dia: __/__-Ore o sal. 56 e mantenha o seu coração firme em meio às dificuldades.
6°dia: __/__-Ore o sal. 31 e receba o maravilhoso perdão que Deus tem para você.
7°dia: __/__-Ore o sal. 85 e creia que o Senhor ouve você nos dias de angústia.
8°dia: __/__-Ore o sal. 102 e bendiga o Senhor que afasta de nós os nossos pecados.
9°dia: __/__-Ore o sal. 26 e vença todo medo com a luz e a salvação que vem do Senhor.
10°dia: __/__-Ore o sal. 29 e exalte o Senhor que livra você de todos os males.
11°dia __/__-Ore o sal. 114 e declare o seu amor e gratidão ao Senhor.
12°dia: __/__-Ore o sal. 24 e volte seus olhos só para o Senhor seus caminhos.
13°dia: __/__-Ore o sal. 83 e encontre um abrigo seguro junto ao coração de Deus.
14°dia: __/__-Ore o sal. 53 e declare que o Senhor já está vindo em seu auxílio.
15°dia: __/__-Ore o sal. 120 e creia: o seu socorro vem somente do Senhor.
16°dia: __/__-Ore o sal. 148 e louve o nome santo do Senhor com toda a criação.
17°dia: __/__-Ore o sal. 125 e creia na promessa: você colherá frutos de alegria.
18°dia: __/__-Ore o sal. 146 e adore o Senhor que cura o seu coração ferido.
19°dia: __/__-Ore o sal. 137 e cante ao Senhor na presença dos seus anjos.
20°dia: __/__- Ore Lc 1.46-55 e engrandeça o Senhor de todo o seu coração.
21°dia : __/__-Ore Ef 1. 3-12 e creia: Você já recebeu todas as graças e Bênçãos do céu em Jesus. Aleluia!



JEJUM de DANIEL - culinária

FRUTAS

Abacate

Damasco

Goiaba

Granola (c/leite de soja)

Laranja

Maçã

Mamão

Manga

Melancia

Melão

Nozes

Pêra

Pêssego

Tangerina

Uva


LEGUMES E VERDURAS

Abóbora

Abobrinha

Acelga

Agrião

Alface

Batata inglesa

Batata doce

Berinjela

Beterraba

Brócolis

Cará

Cenoura

Chicória

Chuchu

Cogumelo

Couve comum

Couve flor

Ervilha

Escarola

Espinafre

Inhame

Jiló

Mandioca

Mandioquinha

Manjericão

Milho verde

Palmito

Pepino

Pimentão

Quiabo

Rabanete

Repolho

Rúcula

Salsão

Tomates

Vagem


SUCOS NATURAIS (De toda e qualquer fruta – preparados com água)

Abacaxi

Caqui

Goiaba

Laranja

Limão

Maçã

Manga

Maracujá

Melancia

Melão

Tangerina

Uva

Obs.: Água de côco e água mineral à vontade.


CHÁS NATURAIS

Camomila

Erva - cidreira

Erva doce

Hortelã


DERIVADOS DE SOJA

Carne de soja

Leite de soja

Sucos


Sopas:

Cebola

Ervilha

Espinafre

Repolho

Legumes em geral


CALDOS

Agrião

Caldo verde

Cebola

Tomate


DIVERSOS

Açúcar

Adoçante

Shoio

Alho

Azeite

Azeitona

Cebola

Cheiro verde

Limão

Mel

Óleo de soja

Pimenta de Cheiro

Sal

Tempero verde


SALADAS

PRIMAVERA:

Abacaxi picadinho

Cenoura crua ralada

Uvas

Uma pitada de sal

Limão a gosto (opcional)


SALADA SALGADA DE MANGA

Manga picada

Maçã picada

Azeitonas

Azeite

Sal e limão a gosto

Batatas gratinadas

INGREDIENTES:

1 kg de batata inglesa

½ copo de água

¼ de copo de azeite de oliva

2 colheres de sopa de orégano

½ colher (e sopa) de sal

MODO DE FAZER

Cozinhe as batatas com casca

Quando frias, descasque-as e corte em rodelas,

Bata a água, o sal, o azeite e o orégano no liquidificador,

Passe as batatas neste líquido,

Coloque-as lado a lado em uma forma untada e leve ao forno quente até dourar.


Obs:


Tomar água e sucos naturais em abundancia

A alimentação deve ser com fartura (ninguém precisa passar fome).

Alimentar-se durante todo dia sem restrições de horários.

Crianças, adolescentes, idosos, gestantes e pessoas que estão sob tratamento médico não precisam fazer o jejum.

Ninguém é obrigado a fazer o jejum de Daniel, esta é uma decisão pessoal.